Capa

Diário Grande ABC

... e o mar virou sertão. Coluna Carlos Brickmann

EDIÇÃO DOS JORNAIS DE DOMINGO, 8 DE MAIO DE 2022

06.05.2022  |  89 visualizações
MAR VAI VIRAR SERTÃO

Diz a lei que showmício é proibido. Em 1º de Maio, em frente ao estádio do Pacaembu, reuniram-se as centrais sindicais numa grande manifestação em favor de Lula. A estrela Daniela Mercury se apresentou e puxou os brados pró-Lula. Não deve ter sido showmício, já que showmício é proibido por lei, mas foi parecidíssimo com um. De onde saiu o dinheiro, mais de R$ 100 mil, para pagar a estrela? Da Prefeitura de São Paulo (aliás, o pagamento ainda não saiu, porque está sendo investigado).

O prefeito de São Paulo é petista? Negativo: é tucano de raiz, que foi vice de Bruno Covas. E os tucanos têm candidato à Presidência que não é Lula: é João Doria, da turma de Covas. Tudo bem: o governador Rodrigo Garcia, que assumiu como vice de Doria, faz de conta que nem sabe quem é Doria. E deveria se lembrar: foi Doria que o tirou do DEM e o levou para o PSDB, para ser seu candidato a vice.

Bolsonaro faz campanha contra as urnas eletrônicas e deve saber do que fala: sempre teve seus votos clicados em urnas eletrônicas, elegeu-se e elegeu seus três filhos mais velhos. Levanta suspeita de fraude nas eleições de 2018, que o levaram à Presidência. Será que ele sabe algo de que não sabemos?

Lula declarou que a ONU não é levada a sério. Lula também deve saber das coisas. Pois não é que um comitê da mesma ONU concluiu que ele foi vítima de procuradores parciais e de um juiz parcial na Operação Lava Jato?

Um apelo aos dois principais candidatos à Presidência: contem tudo!

A festa do caqui

O governador do Ceará, Camilo Santana, PT, gastou mais de cem milhões de reais de publicidade por ano, em sete anos e quatro meses de mandato. Foram no total R$ 830 milhões. E – surpresa! – o ano em que mais gastou foi 2017, quando se preparava para disputar a reeleição: R$ 162 milhões. Ou, em valor atual, o equivalente a R$ 301 milhões. Dos municípios cearenses, nenhum tem Índice de Desenvolvimento Humano muito alto; quatro têm IDH alto, 131 IDH médio, 49 IDH baixo e nenhum muito baixo. Mas para ampliar a qualidade de vida deve faltar dinheiro, imagina-se. A Bahia, também governada pelo PT (Rui Costa) gasta um pouco mais que o Ceará: R$ 960 milhões.

O dinheiro não dá para tudo, mas não pode faltar para fazer propaganda dos governadores, claro. Os dois governadores petistas torraram bem mais do que São Paulo: o gasto de publicidade do Governo paulista é de R$ 153 milhões neste ano, quando o governador João Doria (PSDB) está em campanha pela Presidência da República e seu vice, Rodrigo Garcia, é candidato à reeleição. É um gasto recorde no Estado: em 2021, último ano completo de Doria no Governo, a publicidade oficial custou R$ 90,7 milhões. E, cá entre nós, também é muito: um dinheirão que podia ser mais bem usado.

A festa da mexerica

Não faz muito tempo, o presidente Bolsonaro postou no Facebook um quadro em que ele aparece segurando uma caneta Bic. Até aí, tudo bem. Mas “O Globo” descobriu a história por trás do quadro e da publicação no Face.

Transcrevendo o que nos conta o jornal:

“Quem frequenta as redes sociais bolsonaristas identificou os traços e o estilo marcante da obra, característica da artista Lucimary Billhardt. Apoiadora do presidente, ela ganhou notoriedade por quadros que retratam Bolsonaro e seus aliados com referências a símbolos da direita e temas religiosos. Ela já pintou o presidente chorando ao lado de Jesus, com o ex-presidente americano Donald Trump, e até cercado por animais em posição de prece. Também costuma pintar adversários do presidente, como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, associado a imagens demoníacas.

“O que não se sabia era o périplo de Billhardt para que o quadro chegasse a Bolsonaro. Após considerar que ficaria caro enviar o presente por conta própria do Rio de Janeiro, onde mora, até Brasília, ela procurou a FAB solicitando o transporte. Foi atendida prontamente.”

No Reino Unido, país bem mais rico que o Brasil, os navios da Marinha de Guerra pertencem, por algum motivo obscuro de um passado longínquo, à Coroa. Hoje, a proprietária das belonaves é a rainha Elizabeth. Mas jamais ocorreria a qualquer cidadão mandar um presente pessoal para Sua Majestade por uma de suas embarcações. É que lá, mesmo sendo a dona da Marinha, a rainha sabe que Força é uma instituição do país.

Aqui, a grande diferença é que o presidente não é dono, mas se comporta como se fosse.

Os números do dia

A pesquisa é encomendada pela empresa financeira XP para oferecer dados aos investidores; e executada pelo Ipespe, instituto tradicional, de boa reputação. Na pesquisa estimulada, em que o nome dos candidatos é citado, Lula tem 44%, Bolsonaro 31%, Ciro 8% e Doria 3%. Margem de erro, 3,2%. No último levantamento, Lula tinha 45% e Bolsonaro 31%. No segundo turno, Lula venceria qualquer adversário. Bolsonaro perderia para Lula (54% a 34%) e Ciro. Com 39%, estaria empatado tecnicamente com Doria (37%).

___________________________________________________________
CURTA E ACOMPANHE NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK
NO TWITTER:  @ChumboGordo
____________________________________________________________
ASSINE NOSSA NEWSLETTER NO SITE CHUMBOGORDO (www.chumbogordo.com.br)
___________________________________________________
COMENTE:
carlos@brickmann.com.br
Twitter:@CarlosBrickmann
www.brickmann.com.br
______________________________________________________________________

Leia também...

17.05.2022
A verdade nua e crua. Coluna Carlos Brickmann

EDIÇÃO DOS JORNAIS DE QUARTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2022

13.05.2022
Chega de guerra. Coluna Carlos Brickmann

EDIÇÃO DOS JORNAIS DE DOMINGO, 15 DE MAIO DE 2022

10.05.2022
É opinião, mas é da boa. Coluna Carlos Brickmann

EDIÇÃO DOS JORNAIS DE QUARTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2022

03.05.2022
Brasil sem filtro. Coluna Carlos Brickmann

EDIÇÃO DOS JORNAIS DE QUARTA-FEIRA, 4 DE MAIO DE 2022

Entre em contato